quinta-feira, janeiro 23, 2014

"Não existe MÃE SOLTEIRA, existe MÃE"

"Pensai numa mãe solteira que vai à Igreja, à paróquia e diz ao secretário: Quero baptizar o meu menino. E quem a acolhe diz-lhe: Não, tu não podes, porque não estás casada. Atendemos que esta mãe que teve a coragem de continuar com uma gravidez, o que é que encontra? Uma porta fechada. Isto não é zelo! Afasta as pessoas do Senhor! Não abre as portas! E assim quando nós seguimos este caminho e esta atitude, não estamos fazendo o bem às pessoas, ao Povo de Deus.
Jesus instituiu 7 sacramentos e nós com esta atitude instituímos o oitavo: o sacramento da alfândega pastoral. (...) Quem se aproxima da Igreja deve encontrar portas abertas e não fiscais da fé!"

Papa Francisco

4 comentários:

Kruzes Kanhoto disse...

Até eu, que sou pouco dado a estas coisas da fé, gramo este Papa! Ah, "ganda" Chico!

Persona Naturale disse...

Eu que sou uma católica praticante :p ficava muitas vezes triste e desiludida com algumas atitudes da Igreja. Porque apesar de ser praticante penso pela minha cabeça e tenho ideias próprias, e algumas até são contra o que a Igreja propõe. E eis que finalmente aparece um Papa que revoluciona isto tudo :)

Beijinhos

Anônimo disse...

Já sabia a opinião do Papa sobre este assunto!!! É de facto um homem santo.

Bj

JRM

Persona Naturale disse...

Não há dúvidas disso JRM :)

Bj