sábado, maio 31, 2008

Falta de dinheiro em Portugal?? Humm não me parece!

Há quem diga que os portugueses estão cada vez mais a viver pior e que o que ganham já não chega para as despesas!
Mas será verdade??? Será que estamos a viver assim tão mal????
Sinceramente, não me parece....
Atendendo ao número de pessoas que gasta dinheiro em tabaco, ao número de pessoas que continua a levar o carrinho para o trabalho (normalmente um carro para cinco pessoas leva uma), quando podia muito bem ir de transportes, e atendendo ao facto do número de pessoas que gasta perto de 53€ para ir ao Rock in Rio... Portugal não está assim tão mal... Aliás nunca esteve melhor!
Tenham paciência... Queixam-se do aumento do combustível, mas deixar o carro em casa está de chuva!
Vendo ontem na televisão o número de pessoas que estava no Rock in Rio, pergunto eu: será que vivem mal? Ou são tão pobres que tiveram de recorrer à Cofídis, ou à Capital Mais, para ter dinheiro para ir ao festival?
Não quero com isto dizer que as pessoas não podem ir ver o que gostam... Mas se realmente houvesse falta de dinheiro em Portugal, não estaria tão cheio de gente!
Mas muitas dessas pessoas, quando se trata de saúde (ex. ir ao dentista) dizem logo que não têm dinheiro para tal...
E por isso digo, nunca Portugal viveu tão bem!

5 comentários:

LADY-BIRD, ANTITABÁGIKA, FÃ DO JOMI LOL E JÁ AGORA DO NOSSO AMIGO ANTI-TECNOLOGIAS: MARCHANTE (se não existisse tinham que o inventar) disse...

Portugal está de tanga! lembras-te? lol

Apollo disse...

Penso que o numero de pessoas que estavam no rock in rio não é sinonimo de muito dinheiro. Eram essencialmente jovens que segundo as entrevistas que deram
ás televisões, andaram a juntar dinheiro e a trabalhar em part-time para poderem comprar o bilhete.
Quanto a levar o automóvel para o trabalho, isso é um problema de cada um, cada um sabe de si. hoje o automóvel já não é sinal de riqueza. A luz da reserva sempre acesa, revisões nem velas e todas as noites uma oração para que pegue de manhã.
Portugal tem cerca de 11.000.000 de habitantes e os números das pessoas que andam de carro e vão a concertos não reflecte a realidade desses 11 milhões.
Este tipo de analises superficiais só mostra a falta de cultura social de quem as faz. Basta estar a par das noticias para ouvir os economistas dizer que o fosso entre ricos e pobres cada vez é maior e os ricos neste pais ainda são muitos (são esses que mais dão nas vistas e são esses que a senhora vê), mas os pobres ainda são mais e os que vivem abaixo do limiar da pobreza são mais dos que estavam no Rock in rio.(sei disso porque faço voluntariado, mas esses a senhora vão vê, nem sabe os números)

Anônimo disse...

Ok, haja alguém que pense o mesmo! Então as compras nos shoppings superam tudo!
bjs

Persona Naturale disse...

Apollo: cada um tem a sua opinião, mas acredite, que em parte tenho razão... Vejo colegas k n têm dinheiro para os livros, ou pior, gastamo dinheiro da bolsa de estudantes nos bilhetes do Rock in Rio e noutras coisas n prioritárias!

Eu tenho carro e se o utilizar chego à faculdade em 15minutos,mas n o uso para ir para lá, vou de transportes públicos!
Tenho um único tlm, enquanto k há pexoas k têm um de cda rede!

Por isso n me venha dizer que só quem vai aos festivais são pessoas ricas, pk garanto-lhe k n são... E é cm digo no post, gastam o dinheiro em coisas que não são de primeira necessidade e dp andam cheios de dividas pk n têm dinheiro para o k realmente interessa!

Sp ouvi dizer k kem n tem dinheiro n tem vicios!

Pelos vistos o senhor é k tem falta de cultura social, pois acredita k só os ricos é k gozam a vida e gastam muito dinheiro!

Sei de muitas pessoas k cairam na pobreza por causa desses vicios, já tinham pouco, mas gastavam para fazer uma vida de fachada!
E para sua informação tb fiz voluntariado! Por isso, n me venha dizer "k esses a senhora n vê"! É o tipico comentário de alguém k quer a todo custo que a sua opinião seja melhor k a dos outros, pk simplesmente faz uma coisa k os outros n fazem!

N digo k n tenha razão qd diz k os ricos são cd vez mais ricos e os pobres cd vez mais pobres, mas agr n posso estar de acordo consigo qd me diz que os jovens k foram ao Rock in Rio são aqueles k trabalharam para ter dinheiro para o bilhete!

Faça um inquérito aos jovens e pergunte-lhes de onde vem esse dinheiro?!
Lá está n digo k muitos n trabalhem, agora estar a generalizar, dizendo k todos trabalham, por favor!

Anônimo disse...

Vim aqui dar por pesquisa e não posso estar em desacordo com a autora do post!
Tenho 54 anos e digo que nunca vivemos tão bem como agora, basta ver os estádios cheios de gente, as estradas cheias de carros e o abusivo gasto do dinheiro em geral!
Mas depois não têm dinheiro para pagar as contas e temos de ter muita pena, porque são pobres!!!!
Eu gasto aquilo que as minhas possibilidades me deixam gastar, se vejo que não há depois dinheiro para as necessidades próprias da vida não gasto tanto... Mas não, a maioria das pessoas é só gastar e pior são as que menos possibilidades têm que gastam mais, porque já se habituaram a um nível de vida alto no passado e mesmo com as divergências do presente não estão para abdicar de luxos adquiridos!
Cada vez se vê mais o recurso ao crédito fácil e é daí que vêm as dividas!
O Sr.Apollo não deve acompanhar as noticias nacionais (e depois ainda diz que quem faz observações como a minha são as pessoas que têm falta de consciência social), porque se acompanhasse via que é estrondoso o número de portugueses que recorrem a empréstimos e a créditos para comprar carros, computadores, ir de férias... Se se pedisse créditos para pagar a água ou a luz, ou para ter dinheiro para comer até estava de acordo, mas não, é para bens que não são prioritários!
Por isso eu digo que nunca se viveu tão bem como hoje em dia!

Cumprimentos

JCT