terça-feira, agosto 28, 2007

Dia triste, escuro, medonho

Hoje o dia está triste, escuro, medonho
Parece que adivinha a dor que está dentro de mim
A vontade de fazer nada é muita
Mas depressa virá o dia em que o nada passa a trabalho
E aí a vontade de fazer nada passa a obrigação de fazer

Mas o dia continua triste, escuro, medonho
Sem se ver nele um raio de sol, alegria, vivacidade...
Vivacidade há! Onde?
No mundo cheio de agitação, correrias... vivências
Mesmo que essas vivências não sejam das melhores!

Este dia triste, escuro, medonho
Caracteriza vários estados de alma
O meu estado é lastimoso
Mas um dia erguer-me-ei no pedestal da "não tristeza"
E aí, o dia deixa de ser triste, escuro, medonho.

Persona Naturale

3 comentários:

Joaninha disse...

tavas ca veia....sim senhora.....
isso é sobre o facto de teres de começar a estudar ne?
*********helena

Persona naturale disse...

Sim e tb por causa de outra coisa, mais pela outra coisa do k pelo estudar.

Beijinhos

LADY-BIRD, ANTITABÁGIKA, FÃ DO JOMI LOL E JÁ AGORA DO NOSSO AMIGO ANTI-TECNOLOGIAS: MARCHANTE (se não existisse tinham que o inventar) disse...

Desculpem la mas nao consegui, pa tar la as 10 tinha k akordar as 8 e eram 6:30 da manha ainda tava akordada, tou mto notivaga...
pois, tambem tou uma beka xateada, por um estudo k nao era obrigatorio institucionalmente, mas k passará a ser, pk interiormente ao meu ser, já era mais k obrigatório, pk nao mesmo dizer, uma kestao de honra e orgulho!
eu gostava de me encontrar konvosko, pa nos distrair-nos um pouko e ao mesmo tempo tambem podiamos falar do estudo, mas vocês sao mto madrugadorasa...
pa semana k vem vou a fdl, se nao for antes, pk tava a ver se aproveitava os ultimos dias de praia, mas como dizes o dia, parece k esta "triste, escuro e medonho"...